Categorias
Mundo

JO-2020 – Ciclismo em pista: Os franceses no bronze na prova de velocidade por equipe

A equipe de corrida de ciclismo de pista masculina francesa ganhou na terça-feira a medalha de bronze olímpica ao derrotar a Austrália na partida de classificação das Olimpíadas de Tóquio.

Em 42 seg 331/100 Florian Grengbo, Sébastien Vigier e Rayan Helal trouxeram aos Blues a sua 24ª medalha em Tóquio. Este é o primeiro prêmio de ciclismo da França durante os Jogos.
Destaque histórico do sprint francês, a velocidade da equipe apresentava uma média de idade de 22 anos. Ao lado de Florian Grengbo, 20, e Rayan Hélal, 22, Sébastien Vigier parecia um ancião aos 24 anos.
É ele, como portador da tocha, quem tem mais experiência neste trio que nunca se alinhou num grande encontro, por falta de competições desde o Mundial de Berlim em fevereiro de 2020.

“Chegamos sem muita pressão, com aquele mais para ir e pegar, experiência, nunca corremos juntos na velocidade por equipe, que é o nosso principal objetivo”, havia anunciado ao chegar em Tóquio Vigier, o único sobrevivente da equipe que ficou em quarto lugar no último Mundial em fevereiro de 2020 em Berlim.
Com Grengbo, que substituiu Grégory Baugé como titular, a França caminhava um pouco para o desconhecido. “Trabalhamos muito juntos desde que conhecemos a seleção (…) Acho que estamos firmes, só não fizemos competição oficial os três”, minimizou Vigier.
“A velocidade de equipe é a corrida que vai dar o pontapé inicial na nossa semana, se começarmos bem (…) isso vai nos dar liberdade para as provas individuais”, acrescentou o líder do grupo de velocidade.