Categorias
Mundo

A “lei da sotaque” votada na Assembleia Nacional

Levado pelo catalão Christophe Euzet, deputado Agir do conjunto do Hérault, o projeto de lei sobre a “promoção da França aos sotaques” foi examinado, em seguida, votado, esta quinta-feira de manhã, pela Assembleia Nacional, na presença do guarda Eric Dupont-Moretti selos.

Uma vitória de Christophe Euzet. O representante eleito do Hérault, professor da Universidade de Perpignan, passou, esta quinta-feira de manhã, o seu grande oral no hemiciclo. Refinado por muitos meses, foi aprovado seu texto para sancionar a discriminação, principalmente na contratação, devido ao sotaque. O Guardião dos Selos até o cumprimentou, Eric Dupont-Moretti considerando “essencial” votar neste texto.

Christophe Euzet, feliz que o texto tenha “relativamente consenso”

No final da sessão, Christophe Euzet mostrou-se satisfeito com a votação, mas também com o debate que a precedeu: “Houve um relativo consenso e o debate permitiu-me lançar luz sobre algumas coisas e levantar algumas incertezas”. A deputada de extrema direita de Béziers, Emmanuelle Menard, propôs notavelmente uma emenda que foi rejeitada. Próximo passo desse projeto de lei da Occitânia: uma revisão dos senadores desta vez.

Nosso assunto completo sobre esta primeira vitória de “la France des accents” e o relatório do debate na Assembleia Nacional na presença de Eric Dupont-Moretti, esta quinta-feira à noite, em pré-visualização em nossa área de assinantes e sexta-feira em nossas três edições impressas .